Ontem vi o mundo de cima

Ontem vi o mundo de cima. Não. Mesmo lá de cima. Do topo. Ou do que, para mim, era o topo. Das nuvens. Sentei-me numa e fiquei a observar.

São raros os momentos em que posso fazer isso. Mesmo para um extra-terrestre a vida corre depressa e, quando há momentos para reflectir e observar, escolhemos fazer outras coisas com medo que elas nos fujam ou que o tempo se evapore. Fazemos escolhas. Às vezes bem, outras vezes mal.

Onde ia? Ah, pois.

Ontem vi o mundo de cima. Mesmo lá de cima. Das nuvens.

Anúncios
Ontem vi o mundo de cima