Super 8: o regresso à magia

Apesar de um pouco desequilibrado, com uma primeira parte melhor que a segunda, “Super 8”, de J.J. Abrams, é um refrescante regresso a uma certa magia do cinema. Só por isso, e não é, já valeria a pena ver o filme.

Mas tem mais coisas. Um elenco jovem extraordinário, uma excelente direcção e cenas de acção bem construídas. Tudo isto bate uns pequenos defeitos na recta final da fita, que, embora se percebendo num contexto de homenagem ao produtor Steven Spielberg, acabam por retirar força ao filme.

Anúncios
Super 8: o regresso à magia