Carros 2, 3D, o marmanjo e o miúdo

Os senhores que mandam na distribuição de cinema em Portugal continuam convencidos de que apenas a miudagem gosta de ver filmes de animação. Os adultos não. Quando vão ao cinema ver um filme do género fazem-no porque vão acompanhar os petizes e nada mais. Talvez tenham razão. Os adultos devem limitar as suas opções cinéfilas a outras obras de grande profundidade intelectual, tipo Transformers.

Veja-se o caso de Carros 2. Dizem que é o pior filme da Pixar e talvez seja. Mas apetecia-me ir ver.

O miúdo que há em mim disse ao marmanjo que me domina na maior parte das vezes que é melhor ver para crer. Este é o pior filme da Pixar? Vamos lá ver se é mesmo assim.

Pois que o marmanjo (eu) impôs uma condição ao miúdo (eu): apenas na versão original. Não é que as dobragens não sejam bem feitas e tal, mas o marmanjo tem a mania dos purismos. O miúdo aceitou. Seja.

Vão o marmanjo e o miúdo à procura das sessões e descobrem que a versão original está em exibição em duas salas do Grande Porto. O problema é que ambas apenas mostram a versão em 3D. Como? Só em 3D? WTF? (what the fuck – tradução censurada). Mas eu (marmanjo e miúdo em simultâneo) não gosto de filmes em 3D. Então não há nada para ninguém.

Em desespero ainda pergunto à internet se não há por ai um sítio com o Carros 2 em versão original e em digital, sem 3D. Claro que há, no Algarve. Os senhores que mandam no cinema em Portugal lá iam desperdiçar a oportunidade de ganhar umas massas com os turistas do reino de sua majestade.

Foi mais uma lição de vida: se os senhores do cinema não tem querem no cinema não vás. E assim não vou. Hei-de encontrar-me com o Lightning McQueen noutro lado qualquer.

Anúncios
Carros 2, 3D, o marmanjo e o miúdo