A receita da Coca-Cola: A mãe e o pai de todos os segredos

Dela se diz ser o segredo dos segredos. O mais bem guardado dos mistérios. Protegido por um cofre forte seguro, a que só um grupo muito, muito restrito tem acesso. Há mesmo quem diga que esse segredo está dividido em duas partes, sendo que duas pessoas diferentes têm conhecimento de apenas uma dessas partes. Assim, ninguém conhece toda a preciosa ciência por inteiro.

Falamos (juntem-se todos para não ter de falar muito alto) da fórmula da Coca-Cola.

receita_segredo_coca_cola

Não é que agora, assim do nada, uns fulanos de um site na Internet garantem conhecer em detalhe essa fórmula secreta, que, de secreta nem tem muito, porque afinal estava disponível nas páginas de um jornal de Atlanta, a capital do estado da Geórgia, onde um dia assentou praça um farmacêutico ambicioso, John Pemberton de sua graça?

O “This American Life” (www.thisamericanlife.org), um programa de rádio semanal de uma hora, emitido na Chicago Public Radio, garante que a receita original da Coca-Cola estava disponível ao mundo desde a publicação de um artigo no Atlanta Journal-Constitution. Há 32 anos, em 1979, na página 28 o jornal reproduz a receita original da famosa bebida, que terá sido passada à mão, a partir da original de Pemberton, por um amigo do farmacêutico, e estava num livro com receitas de produtos medicinais e unguentos.

O “Thisamericanlife.org” não faz por menos, mostrando uma fotografia do que será a cópia da receita original da bebida, que já foi verde antes de ser castanha, e que foi criada como uma espécie de medicamento. Em parte para resolver os problemas de adição de Pemberton, consumidor de morfina. Daí a presença da coca, que hoje continuam a ser utilizada mas sem o princípio activo. É o que dizem…

O tablóide britânico Daily Mail cita fonte da empresa afirmando que os ingredientes que se usam actualmente para fazer a Coca-Cola são muito semelhantes aos da receita encontrada no jornal. Com ligeiras modificações. A empresa prefere não comentar o alegado colocar a nu do famoso segredo mas sempre vai dando a entender que o segredo é a alma do marketing.

Ou será ao contrário? Não sei bem, às vezes os jogos de palavras deixam-me confuso.

A empresa publica no rótulo das garrafas e latas, como é de lei, o essencial da receita. Mas não está lá tudo. Há uns detalhes que não são contados ao público. O tal ingrediente 7X. E neste estão lá, por exemplo, os portuguesissimos coentros. Sim, coentros.

Actualização: A Coca-Cola veio, oficialmente, informar que a fórmula não é a agora apontada. Que surpresa.

Eis o segredo para 11 litros de Coca-Cola:

1 colher de chá de fluído de extracto de coca

3 onças (cerca de 85 gramas) de ácido cítrico

1 onça (cerca 29 gramas) de cafeína

Açúcar 30 (não se lê bem a quantidade)

2,5 galões (cerca de 9,5 litros) de água

2 pint de sumo de limão (cerca de 850 ml)

1 onça (cerca 29 gramas) de baunilha

1,5 onças (cerca de 42,5 gramas) de caramelo

O “7X” (o aditivo de sabor secreto) leva…

8 onças de álcool (cerca de 2,2 decilitros)

20 gotas de óleo de laranja

30 gotas de óleo de limão

10 gotas de óleo de noz moscada

5 gotas de óleo de coentros

10 gotas de óleo de neroli (extraído das flores de laranja amarga)

10 gotas de óleo de canela

(Também publicado em www.aventar.eu)

Anúncios
A receita da Coca-Cola: A mãe e o pai de todos os segredos