De onde se fala em ex-SCUTs e num certo jumento

Lembram-se de, há uns bons anos, António Costa ter feito uma acção de campanha sobre o trânsito entre Lisboa e um concelho qualquer dos arredores ao qual era candidato à presidência da autarquia? Lembram-se que o agora autarca de Lisboa levou um jumento a competir com um Ferrari para ver quem chegava mais depressa à capital?

Ora, foi do jumento que lembrei nestes dias de debate sobre as portagens na SCUT. Não para fazer qualquer corrida comparativa mas apenas sobre o paradeiro do bicho. Acho que sei onde anda. E com a ajuda de uns cenários, todos vós irão descobrir também.

jumento

Cenário 1: Um gajo quer chegar ao aeroporto do Porto. A principal via para lá chegar é a A41. E, sim, adivinharam, deixou de ser SCUT ontem, 15 de Outubro. Alternativas: as ruas dentro das localidades entre qualquer ponto e a entrada da aerogare em Vila Nova da Telha; Ou utilizar a VRI, que continua a ser de borla. Ora, um gajo tem de ir a Matosinhos para poder chegar ao aeroporto sem pagar portagens.

Já consigo ver as orelhas e o focinho do jumento.

Cenário 2: Um hermano quer fazer turismo em Portugal. Bom, até pode nem ser um hermano. Pode ser um frère, um fratello, um bruder ou um brother. Qualquer um serve para este efeito, desde que tragam viatura própria para fazer turismo em Portugal. Coisa que, sei por experiência própria, implica gastar dinheiro. Assim, tipo, ajudar a economia lusa. E os irmãos dos outros países, no seu períplo pelas belezas locais, querem utilizar as ex-SCUTs? Aí querem? Então comprem lá o identificador de matrícula ou a via verde. Senão vão pelas estradas nacionais que são muito mais bonitas. Não, não podem pagar em dinheiro porque não há outra forma de pagar que não por via electrónica. Olhem, o melhor é nem virem para cá, fiquem ou vão para Espanha, acho que lá gostam de turismo e até recebem 52 milhões de turistas por ano.

Agora já vejo o jumento na integra e até sei onde ele está.

(Também publicado em Aventar)

Anúncios
De onde se fala em ex-SCUTs e num certo jumento