Morreu José Saramago… mas não me apetece dizer nada

Se calhar, a morte do, até agora, único Prémio Nobel da Literatura português deveria merecer algumas palavras. Aliás, até li duas obras de José Saramago, Levantado do Chão e O Evangelho Segundo Jesus Cristo. Mas duas obras representa muito pouco e o homem permanece, para mim, um mistério.

jose-saramago_1906

Parecia duro, arrogante, severo, distante, propenso à polémica, quase obrigado a dizer uma frase inteligente, ou indicifrável, a cada intervenção pública. Noutras vezes surgia-me como alguém humilde, do povo, necessitado de algum carinho e reconhecimento. Contraditório, como quase todos nós.

A realidade é que não me apeteceu dizer nada sobre a morte de José Saramago. Não saberia o que dizer.

Anúncios
Morreu José Saramago… mas não me apetece dizer nada