E não há quem lhe atire mais um sapato?

Sou suspeito. Sempre tive um certo asco pelo ex-presidente dos EUA, George W. Bush. Deve ser coisa familiar, porque também nunca fui à bola com o pai, o também ex-presidente George H. Bush.

bush_haiti

Por isso, o vídeo que a insuspeita BBC transmitiu ontem não me surpreendeu, antes reforçou o sentimento que sinto pelo fulano. Bush e Bill Clinton foram convidados por Barack Obama a visitar o Haiti, ver o estado actual do país afectado pelo poderoso terramoto de Janeiro e relatar a realidade apurada ao presidente em exercício. É uma fórmula comum na diplomacia do país.

Na visita ambos apertam as mãos a diversos haitianos. Após o ’bacalhau’ a umas pessoas, Bush esfrega a mão no braço de Clinton. Sim, está a limpar as mãos. Talvez porque o último fulano tivesse as mãos suadas, ou tivesse restos de ranheta, ou talvez as tivesse apenas sujas, ou apenas porque é negro. O gesto de desprezo diz tudo.

Como diz um dos comentários no Youtube, não há por ai um sapato para atirar ao indivíduo?

Anúncios
E não há quem lhe atire mais um sapato?