2 580 000 000

Os portugueses gastaram 2,58 mil milhões de euros em compras e um valor médio de 44 euros, entre os dias 1 e 26 de Dezembro deste ano, indicam os dados da SIBS, a entidade gestora dos sistemas de pagamento, que junta os bancos a operar em Portugal. Feitas as contas, algo em que não somos grande coisa, “investiram” (palavra mais bonita que “gastaram”) o equivalente a 2,9% do produto interno bruto.

Perante estes números assola-me uma dúvida: os portugueses são completamente doidos pelo Natal? Perderam a cabeça de vez? Ou a história da crise é uma treta?

Anúncios
2 580 000 000

2 pensamentos sobre “2 580 000 000

  1. Partilho aqui uma história que me deixou perplexo há dias. Ia eu muito sossegado no metro quando ouvi uma idiota qualquer a dizer, em tom de desabafo histérico, que recebia “uma miséria” e que nem sequer ia “poder fazer as compras de natal, é uma vergonha!”. Como se as compras de natal fossem A prioridade. Como se as compras de natal fossem obrigatórias. Dá para perceber? Não. Mas para grande parte da população – e os dados estão aí para provar isso – é.

Os comentários estão fechados.