Cyrano de Bergerac, Lance Atkinson, o spam e o castigo deles

spam-300x300

Hector Savinien de Cyrano de Bergerac ficou para a história como um hábil autor de cartas de amor. Não dele próprio para as suas amadas mas sim para as amadas de outros, daqueles sem arte para construir frases ao sabor da pena e da tinta disponíveis na França do século XVII. Ele escrevia, os outros assinavam por baixo.

Mesmo que a verdadeira história deste escritor gaulês seja, aparentemente, bem diferente da retratada pela peça de teatro de Edmond Rostand, a ficção acabou por se impor e deixou-nos um autor brilhante nas palavras e narigudo no aspecto. Distribuiu diversas cartas de amor, ajudando outros homens a conquistar as suas mulheres, enquanto ele próprio ficava a carpir mágoas, sem sorte nas coisas do coração, terminando sozinho.

Para o que aqui nos traz, fiquemos pela visão popular de Cyrano. Serve a contento para ilustrar o caso de Lance Atkinson. Neozelandês mas a viver na Austrália, Lance foi condenado, há dias, a pagar uma multa de 16 milhões de dólares. A penalização foi aplicada pela US Federal Trade Commission, que acusou e condenou Lance por ser responsável pelo envio de 10 mil milhões de emails de spam por dia, promovendo a venda de medicamentos pela internet. Num dado momento, terá sido, garante a organização, responsável por um terço de todo o spam mundial.

Esta é a segunda multa que Lance terá de pagar, depois de já ter sido condenado em 100 mil dólares por um tribunal de Queensland. Dessa feita por ter enviado dois milhões de spams a endereços de email da Nova Zelândia.

Com esta doentia epistolar, Lance e a sua equipa obtiveram rendimentos de dois milhões de dólares. Não se sabe quanto auferiram as empresas que encomendaram o serviço a estes spammers. O que torna o caso deste jovem aproximado ao de Cyrano. Tanta produção epistolar, tão pouco rendimento, tão pesado castigo.

P.S. Para quem não sabe, aqui fica uma informação extra. O termo spam aplicado ao envio maciço e não autorizado de emails tem a sua muito provável origem numa marca de carne enlatada, muito em voga na II Guerra Mundial, em Inglaterra. O racionamento de alimentos durante e após a guerra foi uma constante. Com a excepção de spam (spiced ham – fiambre condimentado), que eram amplamente consumida até à exaustão e ao enjoo. Mais tarde os comediantes Monty Phyton efectuaram uma paródia sobre esta matéria. O resto é história…

Anúncios
Cyrano de Bergerac, Lance Atkinson, o spam e o castigo deles

Um pensamento sobre “Cyrano de Bergerac, Lance Atkinson, o spam e o castigo deles

Os comentários estão fechados.