O caso do cavalo com o testículo defeituoso

O caso é sério. Envolve “Afonso Henriques”, “Almançor”, o concurso "Modelo e Andamentos", fala-se em compadrio e em escândalo, mas não é mais um caso do futebol nacional. Não. Agora a confusão envolve cavalos e em particular um equídeo com um defeito num testículo, que terá vencido um concurso no qual não deveria participar, exactamente por ter esse defeito.

cavalo_2403

Uma discriminação, está bom de ver.  Mas neste concurso, pelos vistos, só podiam entrar cavalos capazes de reproduzir. Não era o caso deste “Afonso Henriques”.

Até podia ser uma história curiosa. Mas para algumas pessoas não dará vontade de rir, porque é um caso que envolve muito dinheiro.

O caso é contado hoje pelo JN e mostra que, afinal, nem só no futebol é colocada em causa a verdade desportiva e nem só no chamado desporto-rei os regulamentos permitem diversas interpretações.

Uma sugestão: porque não recorrer ao Provedor de Justiça para ajudar a resolver o caso?

Já agora: qual foi a ideia de chamar Afonso Henriques a um animal com uma deficiência no sistema reprodutor? Será algo contra os monárquicos?

P.S. O cavalo da imagem nada tem a ver com este caso. Não se deve chamar Afonso Henriques e, que eu saiba, não terá nenhum testículo defeituoso.

Anúncios
O caso do cavalo com o testículo defeituoso