A crise chegou à World Press Photo

Com o ano de 2008, para já não falar deste primeiro mês e meio de 2009, centrado na crise, não espanta que a World Press Photo (WPP) tenha escolhido para melhor fotografia jornalística do ano uma imagem relacionada com a crise, em concreto com a crise imobiliária nos EUA.

World Press Photo of the Year 2008, Anthony Suau, USA, for Time

A imagem vencedora foi captada pelo americano Anthony Suau em Março do ano passado. É uma fotografia a preto e branco e mostra um agente armado do Cuyahoga County Sheriff’s Department numa casa, em Cleveland, Estado do Ohio, acompanhando um despejo. Os polícias tinham de se assegurar que a casa estava livre de armas e que os moradores já tinham saído. A imagem foi publicada pela revista Time.

MaryAnne Golon, presidente do júri, referiu que “a força da imagem está nos seus opostos”. Parece uma fotografia clássica de um conflito mas na realidade é outra coisa.

“A guerra no seu sentido clássico entrou pelas casas das pessoas, porque não pagaram os empréstimos”, assinala.

O júri atribuiu prémios em 10 categorias a 63 fotógrafos de 27 nacionalidades. Nenhum português.

A exposição da World Press Photo 2009 arranca em Maio, em Amesterdão, na Holanda. Irá passar por quarto locais nacionais: Lisboa, em Junho, Funchal e Portimão, em Julho, e Outubro, na Maia. O Fórum da Maia ainda não está na lista official da WPP mas a mostra é uma certeza.

Anúncios
A crise chegou à World Press Photo