Fica bem pedir desculpas mas era melhor evita-las

Fica bem aos governantes pedir desculpas quando fazem asneiras. Descem do pedestal onde habitualmente se encontram e reconhecem ao povo que erraram. Ficam mais humanos.

Ficou bem a Barack Obama admitir que falhou na escolha de Thomas Daschle (na imagem), que desistiu da sua nomeação para Secretário da Saúde por ter falhado o pagamento de alguns impostos.

obama daschle 0402

Não fica bem é esta sucessão de erros de casting. Este foi o terceiro caso do género nas opções do presidente norte-americano, obrigando a duas mudanças. Obama não terá sabido resistir a algumas pressões para as nomeações e estará agora a pagar esse preço.

É uma factura bem alta. A equipa de comunicação da Casa Branca preparou uma sucessão de entrevistas nas principais cadeias de televisão, para ontem, com o objectivo do presidente apresentar e explicar o seu programa de medidas anti-crise. O líder da maior economia do mundo está a ter dificuldades para fazer aprovar o seu plano. Não só junto dos republicanos mas também nalguns círculos de democratas.

A crise interna na administração, com o caso Daschle, levou Obama a gastar a maior parte do tempo das entrevistas a explicar a situação, desperdiçando uma excelente oportunidade para captar mais apoio popular para as suas medidas.

Um acto falhado que pode ter custos elevados.

P.S. O Facebook faz hoje cinco anos. Não sou um dos 150 milhões de utilizadores com perfil registado, mas parabéns.

Anúncios
Fica bem pedir desculpas mas era melhor evita-las