Será de confiar na Standard & Poor' s?

A Standard & Poor’ s, uma agência de notação financeira, uma das maiores do mundo, decidiu baixar a classificação que atribui ao risco de crédito do Estado português, passando o rating de “AA-“ para “A+”, refere o jornal Público.

À partida poderia ser uma má notícia. Mas até pode nem ser. Como ouvi hoje na SIC, esta importante e significativa entidade norte-americano não tem sido muito fiável nos últimos tempos. Deixou escapar os colapsos de vários bancos, incluindo norte-americanos, não teve grande pontaria nas projecções económicas relacionadas com a crise global e, por fim, foi apanhada de surpresa pela falência da Islândia.

A propósito, o país de Bjork tinha uma boa cotação da Standard & Poor’s.

Actualização: Na noite de ontem, 21, houve confrontos na capital da Islândia. Os discretos islandeses foram para as ruas protestar e exigir a queda do governo. Outro acontecimento que a Standars & Poor’s não previu. Eles falham muito, está visto!

Anúncios
Será de confiar na Standard & Poor' s?